TRANS. DO PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO PECUARIA EM 19/11/2009

TRANS.  DO  PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO  PECUARIA EM  19/11/2009
ALDO VARGAS

TRADIÇÃO E CULTURA

teixeirinha

Loading...

gildo

Loading...

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA AMADA.

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA  AMADA.

Pesquisar este blog

CAPITAL GAUCHA PORTO ALEGRE

CAPITAL GAUCHA  PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

TROPEIRO VELHO

  • TROPEIRO VELHO

TRADIÇÃO E CULTURA

A VOCE CARO VISITANTE E UM PRAZER TER AQUI VISITANDO ESTE BLOG DESTE GAÚCHO, QUE NÃO TEM LADO PARA CHEGAR, GOSTO DE UMA AMIZADE E UM BOA CHARLA, TRATO TODOS COM RESPEITO PARA SER RESPEITADO MAS SE FOR PRECISO QUEBRO O CHAPEU NA TESTA PRA DEFENDER UM AMIGO AGARRO UM TIGRE A UNHA. AGRADEÇO A TODOS QUE DEIXAM SEU RECADO, POSTADO NESTE BLOG.

GALPÃO GAUCHO

GALPÃO  GAUCHO

A BANDEIRA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, TE AMO MEU RIO GRANDE

A  BANDEIRA  DO  ESTADO  DO  RIO GRANDE  DO  SUL,  TE  AMO  MEU  RIO  GRANDE

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

GOVERNO FICA SEM VERBA DO PRONASCI

Governo fica sem verba do Pronasci
Sob a gestão de Dilma, programa de combate à violência lançado por Lula não destinou nenhum real ao Piratini em 2011


Criado pelo governador Tarso Genro quando era ministro da Justiça, em 2007, o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) fechou 2011 sem repassar diretamente nenhum real ao governo do Rio Grande do Sul. No fim do ano passado, o Piratini chegou a comemorar a liberação de R$ 25 milhões para o combate à violência, mas, até ontem, segundo o Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (Siafi), o dinheiro permanecia longe do Tesouro estadual.

A situação de penúria do Pronasci não se restringe ao Estado. Em todo o país, desde 2009, o valor repassado pela União vem caindo. Em 2011, apenas 32,3% do recurso previsto foi depositado.

Nos corredores do Palácio do Planalto, o programa é dado como morto – embora a cúpula do governo negue. Desde que assumiu o Ministério da Justiça, José Eduardo Cardozo vem batendo na mesma tecla: em tempos de crise, as prioridades mudaram. Passaram a ser o controle das fronteiras, o combate ao crack e a modernização do sistema penitenciário.

– Desde o início, o Pronasci foi mais propaganda do que ação, com algumas exceções pontuais. Nunca deslanchou – avalia o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski.

Opositores identificam no enfraquecimento da iniciativa – gestada no governo Lula – uma mudança de eixo na política de segurança pública. Disposta a criar uma marca própria, a presidente Dilma Rousseff teria decidido apostar em outras frentes, relegando a segundo plano o programa vinculado a Tarso Genro.

– Os petistas são bons criadores de slogans, mas não sabem executar projetos – afirma o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS).

A debilidade do Pronasci é vista com preocupação pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), que integra o Conselho Nacional de Segurança Pública. Para a assessora política da ONG, Eliana Graça, apesar de todos os problemas, o programa é considerado um avanço. Quem perde com sua ruína, afirma ela, é o Brasil.

– É o mais completo programa já apresentado na área. E mais do que isso: é uma lei. E lei não se joga fora – diz Eliana.

JULIANA BUBLITZ


MULTIMÍDIA
A menina dos olhos de Tarso

ENTREVISTA


“O programa praticamente não funcionou em 2011”


Airton Michels, Secretário estadual da Segurança Pública
Em entrevista concedida por telefone no fim da tarde de ontem, o secretário da Segurança Pública, Airton Michels, reconheceu a falta de repasses do Pronasci para o governo do Estado.

Mas destacou que, apesar disso, o governo gaúcho não deixará de tocar projetos como o Territórios de Paz, carro-chefe da secretaria e principal aposta de Tarso Genro para conter os índices de criminalidade. Confira:

Zero Hora – O governo não recebeu nada do Pronasci?

Airton Michels – Houve um corte nos recursos, e o programa praticamente não funcionou em 2011. O que recebemos foram R$ 11,6 milhões, do Fundo Nacional de Segurança Pública. Em relação ao Pronasci, acredito que o Ministério da Justiça não teve alternativa.

ZH – Como o senhor avalia o fato de não ter recebido nada do Pronasci e de ver o programa criado pelo governador Tarso minguar?

Michels – Nós assumimos a Secretaria de Segurança com a ideia de implementar o Pronasci nos municípios. Contávamos com esses recursos e percebemos que houve esse contingenciamento no Ministério da Justiça. O que precisa ficar claro para as pessoas é que o governador já tomou providências para garantir que as ações tenham continuidade.

ZH – Mesmo sem o Pronasci, o governo do Estado vai bancar os projetos previstos?

Michels – Sim, vamos dar continuidade. Os gaúchos podem ficar tranquilos. Decidimos criar uma rubrica nova no orçamento estadual, dando origem ao Proesci (Programa Estadual de Segurança com Cidadania), que é o RS na Paz. Com isso, vamos começar já a partir deste ano a implementar ações no Territórios de Paz. Além disso, temos uma política de transversalidade, segundo a qual outras secretarias também entrarão com recursos.

ZH – O senhor sabe por que as verbas foram cortadas?

Michels – Quando Tarso era ministro, ele sempre alertou e foi muito franco sobre um ponto: o Pronasci não é um projeto de resultado imediato, mas de longo prazo. Talvez não tenha havido essa compreensão no governo federal. Pelo amor de Deus, não quero entrar em nenhum atrito, mas acho que não houve a compreensão. Foram cobrar resultados, mas nunca foi dito ou programado que os resultados seriam imediatos.

ZH – Há um sentimento de frustração diante do que está acontecendo?

Michels – A gente sabia. Mas vamos tocar com o que temos aqui.

ZERO HORA





LINK - ESPALHE POR AÍ!


Outras Notícias sobre Estado
06/01/2012
Governo fecha o primeiro ano cumprindo compromisso de valorizar salários de servidores de nível médi...
06/01/2012
Secretaria de Segurança Pública do RS receberá R$ 25 milhões do Pronasci
06/01/2012
Governo do Estado define calendário de reajuste salarial para BM
Sex, 06 de Jan de 2012
Últimos Vídeos

CE- A VITÓRIA ! O início de uma nova era...
Data:06/01/2012
Visitas:19

Polícia Civil e Militar também querem reajuste salarial
Data:05/01/2012
Visitas:87

Famae MT .40 com defeito
Data:03/01/2012
Visitas:184

Destaque da semana
Chamou atenção!!

ABAMF HABITAÇÃO - ÚLTIMAS UNIDADES DO RESIDENCIAL ...
Publicidade






Oferecimento













Pesquise no portal.::

NOTÍCIAS REGIONAIS ENTRETENIMENTO A ENTIDADE SERVIÇOS
Artigos
BRASIL
Chamou atenção!!
Concursos
Destaque ABAMF
Destaque BM
Destaque Regionais
EDITORIAL
Esporte ABAMF
Estado
Habitação
História BM
PEC 300
Plantão Policial
Pra descontrair
Salario/Carreira
Tá na Internet
Caxias do Sul
Santa Maria
Passo Fundo
Uruguaiana
Santa Cruz
Novo Hamburgo
Rio Pardo
Bagé
Santana do Livramento
Lagoa Vermelha
Vacaria
Montenegro
Lavras do Sul
Cacequi
Informação
Agenda
Eventos
Vídeos
Última entrevista
Entrevistas
Copa ABAMF
Histórico
Diretoria
Estatuto
Habitação
Jurídico
Conselho Deliberativo
Conselho Fiscal
Colônia férias
Classificados
Empregos
Guia Comercial
Fale Conosco
ONDE ESTÃO NOSSOS VISITANTES




©2012 - ABAMF - todos os direitos reservados! - Laboratório Web

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog