TRANS. DO PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO PECUARIA EM 19/11/2009

TRANS.  DO  PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO  PECUARIA EM  19/11/2009
ALDO VARGAS

TRADIÇÃO E CULTURA

teixeirinha

Loading...

gildo

Loading...

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA AMADA.

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA  AMADA.

Pesquisar este blog

CAPITAL GAUCHA PORTO ALEGRE

CAPITAL GAUCHA  PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

TROPEIRO VELHO

  • TROPEIRO VELHO

TRADIÇÃO E CULTURA

A VOCE CARO VISITANTE E UM PRAZER TER AQUI VISITANDO ESTE BLOG DESTE GAÚCHO, QUE NÃO TEM LADO PARA CHEGAR, GOSTO DE UMA AMIZADE E UM BOA CHARLA, TRATO TODOS COM RESPEITO PARA SER RESPEITADO MAS SE FOR PRECISO QUEBRO O CHAPEU NA TESTA PRA DEFENDER UM AMIGO AGARRO UM TIGRE A UNHA. AGRADEÇO A TODOS QUE DEIXAM SEU RECADO, POSTADO NESTE BLOG.

GALPÃO GAUCHO

GALPÃO  GAUCHO

A BANDEIRA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, TE AMO MEU RIO GRANDE

A  BANDEIRA  DO  ESTADO  DO  RIO GRANDE  DO  SUL,  TE  AMO  MEU  RIO  GRANDE

domingo, 6 de março de 2011

ESTÁ E A SITUAÇÃO LAMENTAVEL DE SANTANA DO LIVRAMENTO. SEM SAÚDE E NEM SEGURANÇA.

Dos 31 automóveis usados no policiamento, apenas dois estão circulando no município da fronteira gaúcha Policiais Militares (PMs) de Santana do Livramento, que pediram para não se identificar, revelaram, nesta sexta-feira, que das 31 viaturas disponíveis no município para o policialmento de rua, 29 estão estragadas. A situação, que já dura três semanas, tem obrigado a Brigada Militar a atender ocorrências a pé ou com veículos particulares e deve gerar transtornos durante as ações neste carnaval.

Segundo o comando da corporação em Livramento, o desfalque de viaturas se deve a alterações no procedimento para a BM contratar, em todo o Estado, serviços de oficinas mecânicas. Desde o início do ano, o pagamento das empresas pelo poder público passou a ser feito com o cartão Refeisul, do Banrisul, mas até este mês nenhuma oficina de Livramento estava apta a aceitar o sistema.

Conforme um soldado do município, o problema quase tirou a vida de um colega no mês passado. Como não havia viaturas suficientes, um PM teve que ir em uma moticicleta atender a uma ocorrêcia de assalto contra uma empreiteira de Santana do Livramento e, ao entrar em contronto com ladrões, por pouco não foi baleado. O presidente da Associação Beneficiente Antonio Mendes Filho (Abamf), entidade que representa cabos e soldados da BM, Leonel Lucas, classificou a atual realidade do municipio como um absurdo. “Não há como fazer apenas policiamento a pé. Se houver um assalto a banco, por exemplo, não haverá a mobilidade necessária para agir”.

Ao ser questionado sobre as 29 viaturas estragadas, o comandante da BM em Livramento, tenente-coronel Alfredo Vilanova, garantiu que não houve erros administrativos, mas sim um desentendimento com donos de oficinas locais que não ser adaptaram aos novos critérios. “As empresas que prestavam este serviço anteriormente não estavam com suas situações fiscais em dia, e as que podiam executá-lo, não se interessaram. Mas a dificuldade foi solucionada”, afirmou.

No programa Guaíba Cidades desta sexta-feira, o prefeito de Coxilha, no norte gaúcho, Clemir José Rigo, também detalhou transtornos enfrentados devido à falta de viaturas. Hoje, o município conta com apenas um veículo, e não existe qualquer estrutura da Polícia Civil. “Esta ausência se reflete na violência na região”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog