TRANS. DO PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO PECUARIA EM 19/11/2009

TRANS.  DO  PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO  PECUARIA EM  19/11/2009
ALDO VARGAS

TRADIÇÃO E CULTURA

teixeirinha

Loading...

gildo

Loading...

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA AMADA.

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA  AMADA.

Pesquisar este blog

CAPITAL GAUCHA PORTO ALEGRE

CAPITAL GAUCHA  PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

TROPEIRO VELHO

  • TROPEIRO VELHO

TRADIÇÃO E CULTURA

A VOCE CARO VISITANTE E UM PRAZER TER AQUI VISITANDO ESTE BLOG DESTE GAÚCHO, QUE NÃO TEM LADO PARA CHEGAR, GOSTO DE UMA AMIZADE E UM BOA CHARLA, TRATO TODOS COM RESPEITO PARA SER RESPEITADO MAS SE FOR PRECISO QUEBRO O CHAPEU NA TESTA PRA DEFENDER UM AMIGO AGARRO UM TIGRE A UNHA. AGRADEÇO A TODOS QUE DEIXAM SEU RECADO, POSTADO NESTE BLOG.

GALPÃO GAUCHO

GALPÃO  GAUCHO

A BANDEIRA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, TE AMO MEU RIO GRANDE

A  BANDEIRA  DO  ESTADO  DO  RIO GRANDE  DO  SUL,  TE  AMO  MEU  RIO  GRANDE

segunda-feira, 19 de julho de 2010

MINHA TERRA AMADA SANTANA DO LIVRAMENTO

Santana do Livramento
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Santana do Livramento

"Livramento"

Brasão desconhecido Bandeira desconhecida

Hino
Aniversário 30 de Julho
Fundação 1823
Gentílico santanense
Lema
Prefeito(a) Wainer Machado (PSB)
(2009 – 2012)
Localização

Localização de Santana do Livramento no/em Rio Grande do Sul

Localização de/do Santana do Livramento no Brasil
30° 53' 27" S 55° 31' 58" O30° 53' 27" S 55° 31' 58" O
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Mesorregião Sudoeste Rio-grandense IBGE/2008 [1]
Microrregião Campanha Central IBGE/2008 [1]
Região metropolitana
Municípios limítrofes Rivera, Dom Pedrito, Quaraí e Rosário do Sul.
Distância até a capital 498 km
Características geográficas
Área 6.950,370 km²
População 84.079 hab. est. IBGE/2009 [2]
Densidade 14,2 hab./km²
Altitude 208 m
Clima subtropical
Fuso horário UTC-3
Indicadores
IDH 0,803 elevado PNUD/2000 [3]
PIB R$ 598.387 mil IBGE/2005 [4]
PIB per capita R$ 6.138,00 IBGE/2005 [4]
Santana do Livramento é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Localiza-se a uma latitude 30º53'27" sul e a uma longitude 55º31'58" oeste, estando a uma altitude de 208 metros, a uma distância de 488 km da capital Porto Alegre, a 483 km de Montevidéu (capital do Uruguai), 634 km de Buenos Aires (capital da Argentina), 2434 km de Brasília (Capital Federal) e 380 km do Porto de Rio Grande. Sua população estimada em 2005 (IBGE) era de 97.488 habitantes.

No último censo realizado Livramento apresentou um dos maiores índices de evasão populacional em todo estado, em números absolutos se destaca na estimativa do IBGE, perdeu quase 7 mil pessoas desde o Censo de 2000, caindo das 90.849 pessoas de nove anos atrás para 84.079 habitantes. Possui uma área de 6.950,37 km².

Faz parte da Região da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, destacando-se na pecuária (bovinos e ovinos), além da produção de arroz e soja, e mais recentemente ampliando a produção frutífera com destaque para a vitivinicultura.

Em 2009, foi declarada oficialmente pelo governo brasileiro como a cidade símbolo da integração brasileira com os países membros do Mercosul.[5]

Índice [esconder]
1 História
2 Economia
3 Turismo
3.1 Eventos
4 Santanenses ilustres
5 Referências
6 Ver também
7 Ligações externas


[editar] História
A povoação iniciou com a doação de sesmarias feitas pelo Marquês de Alegrete. Fundada em 30 de julho de 1823, foi elevada à categoria de município em 1857, emancipando-se de Alegrete.

Santana do Livramento situa-se na fronteira do Brasil com o Uruguai; do outro lado da divisa seca (uma rua urbana) situa-se Rivera. É um dos municípios mais antigos, históricos e de maior em extensão territorial do RS. Atravessou períodos de grande prosperidade, quando despontavam grandes lanifícios, frigoríficos, organizações sociais e clubes de futebol. Lentamente, a economia foi fenecendo, por múltiplas razões, dentre as quais podem ser citadas: isolamento (distância de outros centros econômicos expressivos), visão centralista (na política, na indústria, no comércio, na organização territorial), opção econômica voltada centralmente para a agropecuária e o comércio, sem ênfase ao desenvolvimento da indústria, que realiza o papel de "ponte" entre as atividades anteriores e posteriores citadas.

A atividade principal é a pecuária (ovina e bovina) com produção de carne para os principais frigoríficos do Estado, seguida pela agricultura (arroz e soja) bem como a fruticultura, com ênfase na produção de pêras, pêssegos, uvas viníferas e de mesa (em início), ameixas, morangos, melancia (exportando toneladas para São Paulo), mamão, melão, entre outras frutíferas. Há também uma bacia leiteira que tem o potencial de atingir um mínimo de 2 milhões de litros por mês, dada a qualidade dos rebanhos, Jersey e Holandês, sobretudo.

Livramento registra mais de 100 quilômetros de faixa de fronteira seca - divisa com o Uruguai.

[editar] Economia
Sua economia baseia-se no comércio, na agricultura, na pecuária e na vitinicultura. Constitui com a cidade vizinha Rivera, no Uruguai, uma conurbação binacional, denominada Fronteira da Paz.

O recente processo de globalização da economia acentuou as dificuldades do município. O comércio nos "free shops" de Rivera varia conforme as flutuações do Dólar. Expressiva parcela da população está desempregada, que pode ser claramente percebido pela quantidade de comerciantes informais nas ruas.

Por outro lado, o município possui uma história cultural marcante e uma natureza exuberante. Situa-se sobre o famoso "paralelo 31", com terras e clima propícios para a produção de frutas, principalmente uvas. Tal recomendação, de que as terras da região da campanha seriam propícias à produção de uvas, foi feita há algumas décadas, em Universidades dos Estados Unidos. Com base nesses estudos, uma companhia da Califórnia, produtora dos vinhos "Almaden", procurou inicialmente terras na região de Bagé-RS; devido a dificuldades de compra, aceitou oferta de terras no distrito de Palomas, pertencente ao município de Santana do Livramento.

Desta forma, em 1974 a Almadén iniciou um grandioso projeto, após mais de 10 anos de preparação e seleção de variedades de uvas. Os primeiros varietais finos com a marca Almadén foram lançados no Brasil em 1983. Os vinhos são produzidos no local, a partir de produção própria de uvas, usando o recurso de espaldeiras, em mais de 500 hectares. São colhidos anualmente de 6 a 8 milhões de toneladas de uvas, que geram quantidade semelhante de vinhos, produzidos a partir de uvas de variedades como riesling, ugni blanc, gewurtztraminer, gamay beaujolais, cabernet, merlot e cabernet sauvignon. A Almadén foi recentemente adquirida pela Vinícola Miolo e faz parte do MWG - Miolo Wine Group.

Os vinhos da empresa são consumidos no mercado nacional, em que São Paulo desponta como principal Estado comprador, com mais de 60% do total, seguido por Minas Gerais, com outros 15%. Em virtude do fechamento da fábrica de vidros Vifosa, localizada em Canoas-RS, há alguns anos, a empresa passou a engarrafar os vinhos em São Paulo; naquele Estado, o imposto sobre produção de vinhos também é menor (12%, contra 17% do RS); com tal decisão, a unidade de Santana do Livramento diminuiu seu quadro de pessoal de aproximados 800 para meros 100 funcionários; também transferiu quase a totalidade do seu Valor Adicionado para lá, acarretando enorme impacto negativo sobre o retorno de impostos para Santana de Livramento. Tais problemas poderiam ser revertidos com uma política mais forte do governo gaúcho, em aspectos estratégicos (visando obter de volta uma fábrica de vidros) e fiscais (diminuindo impostos de setores e produtos específicos, para enfrentar objetivamente "guerras fiscais" estabelecidas unilateralmente por Estados).

Recentemente, a empresa, antes controlada pela Seagram, foi adquirida por multinacional francesa, que pretende aumentar e diversificar as linhas de vinhos, inclusive via utilização de barris de carvalho.

[editar] Turismo
Situada na chamada fronteira oeste do estado, juntamente com outros municípios, integra a região fisiográfica da Campanha, que perfaz uma área total de 7001 km² o que representa aproximadamente 20% da área territorial do Rio Grande do Sul.

Ainda na estrada, é possível vislumbrar um dos principais cartões postais do município - o Cerro de Palomas (A 20 km da cidade, entrando pela BR 158). Próximo dali, situam-se três importantes vinícolas: Cordilheira de Sant'Ana, Almadén e Santa Colina. Logo na entrada da cidade está o Parque Municipal do Lago do Batuva (na Vila Planalto), onde há um lago artificial que oferece sombras majestosas em uma grande área verde, com praça de recreação e quadras para prática de esportes. Mais ao centro do município encontramos a estação férrea, construída em 1906 e que, embora desativada, ainda recebe visitantes que buscam conhecer o prédio histórico por onde passou até mesmo o presidente Franklin Roosevelt.

Ainda no centro da cidade é que situa-se o Parque Internacional, símbolo de integracao das cidades de Livramento, no Brasil, e Rivera, no Uruguai. As duas cidades sao conhecidas como Fronteira da Paz ou La Mas Hermana de Todas Las Fronteras del Mundo. A cidade vizinha de Rivera oferece aos turistas freeshops e boas "parriladas" na Rua Sarandi (avenida principal). Mais afastado da cidade (BR 293 - A 10 km da sede), encontra-se uma zona de preservação ecológica - Parque Ibirapuitã.

A região também oferece aos visitantes turismo rural com passeios e roteiros temáticos por estâncias, museus e charqueadas. A Costa Doce e o Pampa Gaúcho, duas das mais belas regiões do Rio Grande do Sul, foram cenários do principal acontecimento político-militar do Sul do Brasil, no século XIX, a Revolução Farroupilha.

[editar] Eventos
Campereadas Municipal - Realizado todos anos entre os meses de abril e maio em prol ao tradicionalismo gaúcho.
Festival Internacional de Pandorgas, durante a Páscoa.
Semana Farroupilha - Desfile Internacional de 20 de Setembro(um dos maiores do estado do Rio Grande do Sul e o único no planeta que congrega duas culturas similares - a gaúcha (Riograndense, Brasileira) e a Gaucha (Oriental, Uruguaia)- reunindo-as com suas características peculiares preservadas em um desfile que começa no Brasil e termina no Uruguai).
Festa de Cordeiro e Vinho (típicos produtos da região - Foi realizado até 1987 - sendo transformado em sua denominação e organização).
Festival do Ovino & Vinho (dois produtos típicos do município).
Festa da Vindima 2009 - Graças à farta produção de uvas em 2009 será realizada a primeira edição da Vindima Internacional, com várias atrações.
Festa da Melancia - Realizada em duas a três etapas nas localidades interioranas entre a segunda quinzena de fevereiro e a primeira quinzena de março.
Festa do Arroz - Também realizada em Livramento, teve três edições desenvolvidas até 2007 no mês de março.
Paixão de Cristo - O maior espetáculo de encenação que reúne música, teatro, canto, com atores profissionais e, principalmente, amadores. Organizado pela Igreja Metodista Wesleyana, em parceria com vários elementos e entidades da comunidade santanense, se realiza no período da Semana Santa, em um cenário especialmente montado bem na linha divisória entre Rivera e Livramento, o Cerro do Marco - final da rua 33 Orientales, em Rivera.
Festival de Música Nativista Martin Fierro (Um dos maiores festivais do Rio Grande do Sul)
Anime Fiesta - Evento multitemático voltado para Cultura Pop e Tradicional Japonesa em 2009 foi realizado nos dias 14 e 15 de Novembro, na escola Prof. Chaves, Site do Evento com um pulico de mais de 600 pessoas serviu como divulgador e ponto de encontro entre os admiradores de todo o estado e também do Uruguai.
[editar] Santanenses ilustres
Carlos Urbim - escritor e jornalista
Gaúcho da Fronteira - músico tradicionalista
Fátima Noya - atriz e dubladora
Kenny Braga - jornalista e radialista
Roberto Kovalick - jornalista (TV Globo)
Paixão Côrtes - tradicionalista
Nélson Gonçalves - cantor e compositor
José Antônio Flores da Cunha - Político
Claudiomiro Salenave Santiago - Futebolista
Antônio Britto - Jornalista e Político
Juremir Machado da Silva - Jornalista, escritor e professor
Referências
↑ a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
↑ Estimativas da população para 1º de julho de 2009 (PDF). Estimativas de População. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (14 de agosto de 2009). Página visitada em 16 de agosto de 2009.
↑ Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
↑ a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2002-2005. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (19 de dezembro de 2007). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
↑ Lei 12.095, de 19 de novembro de 2009.
[editar] Ver também
Fortificações de Santana do Livramento
Aeroporto de Santana do Livramento
[editar] Ligações externas
Site oficial do Governo
Jornal A Platéia
Fronteira da Paz
Filhos de Santana




Brasil | Rio Grande do Sul | Mesorregião do Sudoeste Rio-grandense | Microrregião da

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog