TRANS. DO PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO PECUARIA EM 19/11/2009

TRANS.  DO  PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO  PECUARIA EM  19/11/2009
ALDO VARGAS

TRADIÇÃO E CULTURA

teixeirinha

Loading...

gildo

Loading...

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA AMADA.

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA  AMADA.

Pesquisar este blog

CAPITAL GAUCHA PORTO ALEGRE

CAPITAL GAUCHA  PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

TROPEIRO VELHO

  • TROPEIRO VELHO

TRADIÇÃO E CULTURA

A VOCE CARO VISITANTE E UM PRAZER TER AQUI VISITANDO ESTE BLOG DESTE GAÚCHO, QUE NÃO TEM LADO PARA CHEGAR, GOSTO DE UMA AMIZADE E UM BOA CHARLA, TRATO TODOS COM RESPEITO PARA SER RESPEITADO MAS SE FOR PRECISO QUEBRO O CHAPEU NA TESTA PRA DEFENDER UM AMIGO AGARRO UM TIGRE A UNHA. AGRADEÇO A TODOS QUE DEIXAM SEU RECADO, POSTADO NESTE BLOG.

GALPÃO GAUCHO

GALPÃO  GAUCHO

A BANDEIRA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, TE AMO MEU RIO GRANDE

A  BANDEIRA  DO  ESTADO  DO  RIO GRANDE  DO  SUL,  TE  AMO  MEU  RIO  GRANDE

sexta-feira, 10 de junho de 2016

DEPOIS DIZEM NÃO TEMOS DINHEIRO.

G1: Governo do RS gasta R$ 1 milhão a mais em 2016 em diárias e viagens

diario_repre_300Governo diz que negociação da dívida em Brasília explica parte do aumento.
Valor gasto a mais poderia pagar salário de 543 professores do estado.
Daniel Favero*Do G1 RS
Ao mesmo tempo em que anunciava o quarto parcelamento seguido de salários de servidores no ano, o governo do Rio Grande do Sul registrava também um aumento de mais de R$ 1 milhão nos gastos com diárias pagas por viagens e deslocamentos. Um decreto de restrição de gastos públicos, que suspendeu a nomeação de aprovados em concursos, a realização de novos certames, bem como gastos com passagens aéreas e diárias de viagem para fora do estado, foi renovado em 13 de janeiro de 2016.
Conforme informações disponíveis no Portal de Transparência, de janeiro a maio do ano passado foram gastos R$ 38.682.610,83 com o pagamento de diárias a servidores. No mesmo período de 2016, o valor despendido soma R$39.798.038,07, o que representa um aumento de 2,88%.
Os gastos com passagens aéreas e despesas de locomoção também foram mais elevados nos primeiros cinco meses de 2016, em comparação com o mesmo período do ano passado. Passaram de R$ 4.457.877,77 para R$ 4.607.611,4, aumento de 3,36%.
Por meio da assessoria de imprensa da Casa Civil, o governo alega que o aumento dos gastos se deu por conta das viagens a Brasília para a negociação da dívida do estado com a União e também pelos gastos com o transporte de pacientes doentes.
O valor gasto a mais com passagens e diárias em 2016, R$1.265.160,82, seria suficiente para pagar o salário de 543 professores, levando em conta o valor correspondente a 44 horas semanais(R$ 2.331,38).
De acordo com o decreto assinado em janeiro deste ano, as exceções só poderiam ocorrer em caso de necessidade, com apresentação de justificativa que seria analisada pelo Grupo de Assessoramento Estadual para Política de Pessoal (GAE).
Autorização de gasto publicada no Diário Oficial do estado (Foto: Reprodução)
Autorização de gasto publicada no Diário Oficial do estado (Foto: Reprodução)
Um dos últimos gastos em viagens oficiais foi autorizado em 31 de maio. No Diário Oficial do estado desta data consta a liberação para o pagamento de diárias e passagens aéreas para pelo menos quatro pessoas. Nesta mesma data, foram autorizados diversos afastamentos para cursos de professores e policiais nos Estados Unidos e na Europa, sem qualquer ônus para o estado além do pagamento do salários dos servidores.
Entre os gastos de viagens autorizados pelo governador estão oito diárias e meia, no valor de 360 euros, totalizando mais de R$ 12,2 mil (cotação de 30/05 conforme o Banco Central) para a secretária de Ambiente e Desenvolvimento, Ana Maria Pellini, para uma viagem de 10 dias aParis, na França, com a intenção de fazer uma visita técnica à Bacia de Loire.
G1 conversou com a secretária por telefone. Ela explicou que a viagem foi um convite do governo francês, e afirmou que o período na França será “bastante enriquecedor”, já que trata de um assunto considerado de grande importância para a Pasta, que é a questão da água. “O Brasil todo adotou o modelo francês, com adaptações em cada estado”, diz ela.
Sobre os gastos, Ana explica que o depósito de diárias é feito baseado por uma tabela, com valores já especificados. “Eu nem sabia qual seria o valor”, afirma. “Essa viagem não precisará de nenhuma excepcionalidade em termos de cota de custeio. Nesse caso, nós vamos em dois pela importância do assunto. Achamos que vai ser muito proveitoso”, completa.
Acompanhará Ana Pellini na viagem um professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que também é diretor do Departamento de Recursos Hídricos do estado, Fernando Meirelles. “A gente está muito esperançoso, temos que avançar. A questão das águas é fundamental, é uma prioridade da secretaria. Temos feito grande esforço para melhorar os mananciais e proteger nossas nascentes”, salienta a secretária.
“A gente pensa que vai ser bastante enriquecedor, ainda mais um oportunidade oferecida pelo governo deles”, finaliza.
No Diário Oficial consta ainda o gasto de R$ 11,9 mil em diárias para o secretário Executivo Ramon Fernando Hans, para uma viagem de nove dias a Phoenix, no Arizona, para participação em uma feira internacional de Engenharia.
De acordo com a Secretaria de Educação, a Fundação Liberato, onde Hans trabalha, participa da feira desde 1993, com a presença de professores e alunos para a apresentação de projetos. O evento, conforme a Pasta, é o maior do mundo para jovens cientististas. “É a única instituição de ensino brasileira que conseguiu classificar alunos com seus projetos por 21 anos ininterruptamente”.
Para viagens domésticas, foram autorizados os pagamentos de diárias para secretários para a participação em feira agrícola em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, e também para acompanhar a cerimônia de acendimento da tocha Olímpica em Brasília, com o pagamento de uma diária e meia e passagens aéreas de ida e volta em cada um dos casos.
A Casa Civil informou por meio de sua assessoria de imprensa que o governo gaúcho reconhece o aumento nos valores pagos por meio de diárias, bem como aumento dos gastos com passagens aéreas e deslocamentos. A justificativa é o aumento das viagens técnicas para o processo de renegociação da dívida do estado com a União, bem como audiências no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília, onde o tema está sendo analisado pelo judiciário.
Por conta disso, conforme o governo gaúcho, 45% dessas despesas estão concentradas junto ao Governo, Secretaria da Fazenda, Secretaria da Saúde e Procuradoria-Geral do Estado.
No caso da Secretaria de Saúde, conforme o governo gaúcho, a maioria das despesas está relacionada com o tratamento de pacientes.

quarta-feira, 8 de junho de 2016

NO BOLICHO.

No Bolicho

Autoria: Apparicio Silva Rillo

Traga de vez a garrafa,
bolicheiro! me despacha,
que hoje no mais se emborracha
quem nunca se emborrachou.
Quero beber no gargalo
para esquecer o pialo
que o tal de amor me atirou.

Sou índio duro de queda
mas fui pegado de jeito.
Bateu-me a argola no peito
e ali no mais me planchei.
Sempre fui solto de pata
mas nessa volteada ingrata
num tacuru tropecei!

Sucede que eu não sabia
quanta manha se requer
pra se correr com mulher
na cancha reta do amor.
Desci confiado pra raia...
Perdi pro rabo de saia
sem sair do partidor!

Caí no tiro de laço
de um olhar de china atrevida,
que embuçalou minha vida
na armada negra das tranças,
pra depois de ter-me preso
marcar-me com seu desprezo
na picanha da esperança.

Desprezo não há quem cure,
não há remédio que impeça,
não há reza, nem promessa
que lhe conserte o estrago.
Por isso, seu boiicheiro,
pra aparceirar o primeiro
ponha no mais outro trago! 

terça-feira, 7 de junho de 2016

Teixeirinha & Mary Terezinha - Fim de Baile (1968)

CEMITÉRIO DE CAMPANHA.

Cemitério de Campanha

Autoria: Jayme Caetano Braun

Cemitério de campanha,
Rebanho negro de cruzes,
Onde à noite estranhas luzes
Fogoneiam tristemente;
Até o próprio gado sente
No teu mistério profundo
Que és um pedaço de mundo
Noutro mundo diferente.

Pouso certo dos humanos
Fim de calvário terreno,
Onde o grande e o pequeno
Se irmanam num mundo só.
E onde os suspiros de dó
De nada significam
Porque em ti os viventes ficam
Diluídos no mesmo pó.

Até o ar que tu respiras
Morno, tristonho e pesado,
Tem um cheiro de passado
Que foi e não volta mais.
A tua voz, são os ais
Do vento choramingando
Eternamente rezando
Gauchescos funerais.

Coroas, tocos de vela
De pavios enegrecidos
Que tem Terços mal concorridos
Foram-se queimando a meio
Cruzes de aspecto feio
De alguém que viveu penando
E depois de andar rolando
Retorna ao chão de onde veio.

Mas que importa a diferença
Entre urna cruz falquejada
E a tumba marmorizada
De quem viveu na opulência?
Que importa a cruz da indigência
A quem já não vive mais,
Se somos todos iguais
Depois que finda a existência?

Que importa a coroa fina
E a vela de esparmacete?
Se entre os varais do teu brete
Nada mais tem importância?
Um patrão, um peão de estãncia
Um doutor, uma donzela?
Tudo, tudo se nivela
Pela insignificãncia.

Por isso quando me apeio
Num cemitério campeiro
Eu sempre rezo primeiro
Junto a cruz sem inscrição,
Pois na cruz feita a facão
Que terra a dentro se some
Vejo os gaúchos sem nome
Que domaram este Chão.

E compreendo, cemitério,
Que és a última parada
Na indevassável estrada
Que ao além mundo conduz
E aqueces na mesma luz
Aqueles que não tiveram
E aqueles que não quiseram
No seu jazigo uma Cruz.

E visito, de um por um,
No silêncio, triste e calmo,
Desde a cruz de meio palmo
Ao irnais rico mausoléu,
Depois, botando o chapéu
Me afasto, pensando a esmo:
Será que alguém fará o mesmo
Quando eu for tropear no Céu??? 

segunda-feira, 6 de junho de 2016

SAIBA POR QUE AS POLICIAS DO BRASIL DEVEM FAZER GREVE.

ARTIGO: Saiba por que as polícias do Brasil devem fazer greve

03-06-2016.080840_GREVEArtigo postado no site Paraíba em QAP
Saiba por que as polícias devem fazer greve o mais rápido possível
Em outubro de 2015, o policial civil Marcos Vinicius foi assassinado em serviço, na cidade de Puxinanã (PB). Em fevereiro de 2016, o tenente Ulysses foi executado a tiros enquanto trabalhava, em João Pessoa.
Há duas semanas, o agente penitenciário Alberto de França, diretor da cadeia pública de Solânea (PB), foi alvejado e ficou tetraplégico. Tudo indica que a ordem para matá-lo saiu e dentro do sistema prisional. Os amigos estão tentando arrecadar dinheiro para ajudar nas dolorosas despesas que estão por vir.
É assim no Brasil inteiro. Mas como não podemos abraçar todo o país, foquemos no nosso estado – Paraíba – para dizermos à Nação por que os profissionais de segurança DEVEM entrar em greve.
CRISE?
Na madrugada dessa quinta-feira, 2 de junho, a Câmara Federal aprovou (por que na madrugada?) o reajuste salarial bilionário para um monte de categorias profissionais. Na reportagem da TV Globo, a jornalista transmitiu duas explicações para isso:
“Explicação técnica”: os reajustes estavam previstos no Orçamento.
“Explicação política”: não é o momento de desagradar o funcionalismo público.
PARAÍBA 
Excelentes justificativas. Na Paraíba, existe algo nada menos do que uma lei prevendo e mandando reajustar os salários dos servidores do estado todo santo janeiro. Mas sob a alegação da tal ‘crise’, o governo simplesmente ignorou o que diz a legislação, asfixiando ainda mais quem faz a máquina andar. Talvez o governo da Paraíba não tenha aprendido a lição que vem da Câmara Federal e diz “não é o momento de desagradar o funcionalismo público.”
CÂMARAS
A conversa mole da tal ‘crise’ não se limita aos grandes poderes. Em muitos municípios de médio e pequeno portes, suas câmaras municipais estão reajustando os salários de seus produtivos e empenhados vereadores.
Em Campina Grande, a história é de que o salário dos edis passará de R$ 12 mil para R$ 15 mil. Em entrevista ao portal Paraibaonline, um dos parlamentares daquela casa argumentou que “o reajuste do salário é constitucional; é uma lei”.
Na sertaneja cidade de Itapetim (PE), de acordo com blogs daquele estado, os políticos querem aumentar seus salários de R$ 4 mil para R$ 7,5 mil. Praticamente dobrar a grana. E que se dane a ‘crise’.
E assim, o deboche escancarado com o povo brasileiro, acerca de uma suposta fragilidade na economia do país, vai sugando ainda mais de quem não tem e aumentando – na cara de pau – a renda dos que já, por vida, se deleitam no gozo eterno da escrotagem.
GREVE!
A família de Marcos Vinícius perdeu a companhia do policial em casa e METADE (ou mais) dos parcos vencimentos a ele concedidos em vida. Idem para o tenente Ulysses. O agente penitenciário Alberto de França, no momento em que mais precisa de recursos financeiros, ganhou como recompensa a METADE (ou mais) de seu salário surrupiado. Claro. O dinheiro para o reajuste (mesmo em tempos de ‘crise’) de outros setores tem que vir de algum lugar.
Todo e qualquer movimento grevista na segurança pública deste país – e da Paraíba, especificamente – tem, sim, argumentos de sobra para justificar a paralisação das atividades. O resto é safadeza e politicagem.
Está na hora do basta.

REZA CHUCRA

Reza Chucra 
Alcy Cheuiche
gentileza de Marcio Leão da Silva
extraído do livro Versos do Extremo Sul
Perdoe Virgem Maria
Por lhe tomar atenção,
Envolvendo um coração
Tão puro e tão adorado,
Nesta miséria qu'eu trago,
Que arrasto, é melhor que diga,
Por esta terra inimiga,
Onde nunca fui amado.

A Senhora bem se lembra
Que nem sempre foi assim...

Embora não fosse em mim
Que a fortuna tinha ninho,
Eu bem que tive carinho
E uma mulher cuidadosa
Que me deixava de jeito,
Um lenço branco no peito,
A bombacha bem limpinha,
Quando para a igreja eu vinha,
No tempo qu'eu fui feliz.

Agora olhe pra mim.
Veja esta roupa rasgada
Qu'eu carrego com vergonha.
Parece que a gente sonha,
Quando vê que não é nada
Prá dominar o seu vício
Quando eu morava no pago
As vezes tomava um trago
No mais prá molhá a garganta
E agora querida Santa,
Até virei cachaceiro,
Depois que bebo o primeiro
Não há nada que me pare.
E depois até que eu sare
Vem me subindo a cabeça
Toda essa vida passada
E o rosto da minha amada
Enxergo assim como em sonho...

Ó minha Nossa Senhora,
Escute ao menos agora
Um pedido que le faço.

Sei que a morte já me ronda
Pela porteira do rancho...
Até já vejo os caranchos
Rodeando em volta de mim.

Reconheço o meu pecado,
E quando tiver chegado
Lá na fronteira do céu
Vão me apontar outro rumo:
- Ovelha com mancha preta
Bota a marca na paleta
Que só serve prá o consumo. -

Prá mim não há mais remédio,
Não é prá mim o pedido.
Sou índio chucro vencido
Pelo vício aqui do povo.

Eu peço é pelo meu filho,
Que abandonei lá no pago
Quando a sina de índio vago
Me arrebatou da querência.

Proteja a sua inocência...
Não deixe que o coitadinho
Siga este duro caminho
Que está seguindo seu pai.

Que fique por toda a vida
Grudado naquele chão,
Que resista a tentação
Com toda a força de machd,
Que não morra como guacho
Quando pará o coração.

A CORRUPÇÃO NO BRASIL

VIVEMOS  UMA DAS MAIORES VERGONHA NACIONAL NESTE BRASIL, COM   A FALTA DE CARÁCTER DE NOSSOS POLÍTICOS,   NÃO TEM UM DIA QUE A GENTE LIGUE UM RADIO OU TV  ABRA A, UM JORNAL QUE LA ESTA ESTAMPADO NA PRIMEIRA PAGINA NOME DE GENTE QUE DEVERIAM CUIDAR DAS RIQUEZAS DE NOSSO PAIS, E ZELAR PELO DINHEIRO DO POVO QUE  E PARA DAR RETORNO A NOSSA SOCIEDADE EM BENFEITORIA E LAZER SEGURANÇA, EDUCAÇÃO   QUE O DINHEIRO VAI PAPAR NAS MÃOS DE SALAFRÁRIOS   SEM VERGONHAS  QUE DEVERIAM ESTAR TRABALHANDO TANTO NA CAMARÁ COMO NO SENADO FEDERAL  EM DEFESA DE NOSSA SOCIEDADE,   COM CERTEZA  ESSA ESTORIA AINDA VAI MUITO LONGE,PORQUE AQUI NESTE PAIS TEMOS UM COSTUME DESDE DA NOSSA INDEPENDÊNCIA ALHAS MUITO ANTES A FAMÍLIA REAL LEVOU NOSSAS RIQUEZAS, NADA DE BEM FEITORIA FICOU, PARA OS BRASILEIROS,  E AINDA OS POLÍTICOS QUEREM QUE NOS CONFIE NUMA CLASSE NÃO TEMOS A QUEM, RECORRER  OS BANCOS ASSALTAM  OS CLIENTES 24 HORAS COM JUROS ABSURDOS, CARTÃO DE CREDITO NEM SE FALA OS JUROS  CHEGAM A MAIS  400 POR CENTO   CHEGUE ESPECIAL ETC ETC DESACREDITADA PERANTE A NÃO BRASILEIRA,  E NENHUM GOVERNANTE FAZ NADA PARA AJUDAR OS        BRASILEIROS CONTRA ESSE ASSALTO COM AVAL DE NOSSOS GOVERNOS,  ENTÃO A QUEM  VAMOS RECLAMAR, FORA O DESCUMPRIMENTO DAS LEIS DO PAIS QUE ESTÃO SÓ NO PAPEL, E  A TAL REFORMA POLITICA FICA SO NA CONVERSA  NA HORA DO CAFEZINHO E PASSA ANO E ENTRA ANO  E NÃO CHEGA A LUGAR NENHUM CASO  UM DIA ELES POLITMOS CRIASSEM UM LEI PARA QUEM ROUBA DINHEIRO PUBLICO SE APODERA  DO DINHEIRO DO GOVERNO,  TIVESSEM  A TAL PUNIÇÃO PECULIAR PERDESSEM TODOS OS BENS E SOMENTE  FICASSEM COM    UM A CAS PARA MORAR , QUEM SABE ELES PARARIAM DE ROUBAR ASSALTAR O POVO BRASILEIRO.  ASSINA GAÚCHO ALDO VARGAS.

Arquivo do blog