TRANS. DO PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO PECUARIA EM 19/11/2009

TRANS.  DO  PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO  PECUARIA EM  19/11/2009
ALDO VARGAS

TRADIÇÃO E CULTURA

teixeirinha

Loading...

gildo

Loading...

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA AMADA.

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA  AMADA.

Pesquisar este blog

CAPITAL GAUCHA PORTO ALEGRE

CAPITAL GAUCHA  PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

TROPEIRO VELHO

  • TROPEIRO VELHO

TRADIÇÃO E CULTURA

A VOCE CARO VISITANTE E UM PRAZER TER AQUI VISITANDO ESTE BLOG DESTE GAÚCHO, QUE NÃO TEM LADO PARA CHEGAR, GOSTO DE UMA AMIZADE E UM BOA CHARLA, TRATO TODOS COM RESPEITO PARA SER RESPEITADO MAS SE FOR PRECISO QUEBRO O CHAPEU NA TESTA PRA DEFENDER UM AMIGO AGARRO UM TIGRE A UNHA. AGRADEÇO A TODOS QUE DEIXAM SEU RECADO, POSTADO NESTE BLOG.

GALPÃO GAUCHO

GALPÃO  GAUCHO

A BANDEIRA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, TE AMO MEU RIO GRANDE

A  BANDEIRA  DO  ESTADO  DO  RIO GRANDE  DO  SUL,  TE  AMO  MEU  RIO  GRANDE

quinta-feira, 21 de março de 2013

Aprovada no Legislativo subcomissão do Plano de Carreira da BM


Aprovada no Legislativo subcomissão do Plano de Carreira da BM

No centro Nelsinho Metalúrgico pres. da Comissão de Segurança e Serviços Públicos da AL
No centro, deputado Nelsinho Metalúrgico, pres. da Comissão de Segurança e Serviços Públicos da AL
Foi aprovada, por unanimidade, na Comissão de Segurança e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa, hoje(21/3), pela manhã,  a criação da subcomissão que trabalhará no Plano de Carreira da Brigada Militar(BM).  O objetivo é que os deputados Nelsinho Metalúrgico – presidente da Comissão de Segurança e Serviços Públicos- Jeferson Fernandes, Mano Changes, Nelson Harter, Miriam Marroni, Altemir Tortelli, Cassiá Carpes e Ronaldo Santini, que compõem a subcomissão promovam o debate com as representações brigadianas, sociedade, Comando da BM e Governo Estadual, inclusive com subsídios pela valorização profissional e melhoria do serviço de segurança pública.
Pela ABAMF estiveram acompanhando o trabalho no Parlamento Estadual, o presidente Leonel Lucas e o diretor de habitação, Jairo Rosa. As outras representações brigadianas presentes foram: ASSTBM, ABERGS, AOFSBM e Associações Independentes.
O assunto provocou interesse na Assembleia Legislativa. Por isso, os deputados manifestaram-se antes da votação. Para Miriam Marroni, ” a segurança pública é função do estado e necessita ser valorizada”. Já, Ronaldo Santini observou que o propósito é assegurar que brigadianos experientes, vislumbrando crescimento profissional, sigam na ativa. ” Um sargento, um tenente vai para a reserva com 45 anos por falta de perspectiva na carreira”, alertou.
Representantes brigadianos com deputados logo após a aprovação da subcomissão
Representantes brigadianos com deputados logo após a aprovação da subcomissão
O petista Oldacir Oliboni lembrou que parte da categoria não recebeu o tratamento devido em outros periodos. E, Cassiá Carpes lembrou que está no segundo mandato e desde o primeiro acompanha a luta dos brigadianos pela valorização profissional. Disse ainda, que deseja ver o Comando da Corporação junto com os praças no debate participando da formação de uma carreira forte e justa.
Tratando o tema de outra forma, alguns parlamentares destacaram também o esforço das representações dos militares estaduais.  Jeferson Fernandes ressaltou o papel das associações, que mobilizam a categoria e propiciam um debate produtivo com o governo. Altemir Tortelli, sublinhou que o debate é de grande profundidade, pois extrapola a mera valorização corporativa; “os brigadianos estão lutando por cidadania, pelo direito dos trabalhadores”.
Para Nelson Harter, a questão fundamental é atender melhor a população. “O dia a dia do soldado tem que chegar ao Palácio Piratini”. Nelsinho Metalúrgico destacou que, atualmente, 95% da BM tem meia carreira. “Um policial qualificado exige políticas de incentivo. O brigadiano não pode ter a carreira estagnada em determinado ponto”, disse, e completou, “a democracia precisa chegar a certas corporações”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog