TRANS. DO PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO PECUARIA EM 19/11/2009

TRANS.  DO  PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO  PECUARIA EM  19/11/2009
ALDO VARGAS

TRADIÇÃO E CULTURA

teixeirinha

Loading...

gildo

Loading...

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA AMADA.

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA  AMADA.

Pesquisar este blog

CAPITAL GAUCHA PORTO ALEGRE

CAPITAL GAUCHA  PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

TROPEIRO VELHO

  • TROPEIRO VELHO

TRADIÇÃO E CULTURA

A VOCE CARO VISITANTE E UM PRAZER TER AQUI VISITANDO ESTE BLOG DESTE GAÚCHO, QUE NÃO TEM LADO PARA CHEGAR, GOSTO DE UMA AMIZADE E UM BOA CHARLA, TRATO TODOS COM RESPEITO PARA SER RESPEITADO MAS SE FOR PRECISO QUEBRO O CHAPEU NA TESTA PRA DEFENDER UM AMIGO AGARRO UM TIGRE A UNHA. AGRADEÇO A TODOS QUE DEIXAM SEU RECADO, POSTADO NESTE BLOG.

GALPÃO GAUCHO

GALPÃO  GAUCHO

A BANDEIRA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, TE AMO MEU RIO GRANDE

A  BANDEIRA  DO  ESTADO  DO  RIO GRANDE  DO  SUL,  TE  AMO  MEU  RIO  GRANDE

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

FALTAM EQUIPAMEENTO PARA OS BOMBEIROS.

FALTAM EQUIPAMENTOS PARA OS BOMBEIROS
   

  
 

Há mais de 40 dias, o Corpo de Bombeiros de Montenegro atende a 13 municípios do Vale do Caí com apenas uma viatura, ano 2006. Segundo o comandante da corporação na região, tenente Jorge Soares, os outros três caminhões aguardam conserto. "Temos quatro viaturas, uma autoescada e três de combate a incêndio. Nesta semana, será feito o levantamento técnico para definir o orçamento das melhorias."

Os profissionais contam com verba anual do Fundo de Reaparelhamento dos Bombeiros. Porém, os aproximadamente R$ 300 mil não têm sido suficientes para quitar as dívidas. O objetivo para 2013 é investir na renovação da frota, o que seria possível por meio de verbas da Consulta Popular, já que uma das demandas deste ano era direcionada à aquisição de veículos e uma ambulância de resgate. Em Portão, o Corpo de Bombeiros Comunitário também aguarda melhorias na frota. A corporação tem dois caminhões, ambos com 33 anos de uso e em situação precária.

Conforme o comandante da 5ª Seção de Combate a Incêndio, tenente Araí Souza de Araújo, a manutenção dos veículos custaria cerca de R$ 30 mil anuais. Em 2010, a demanda foi aprovada pelos moradores da cidade na Consulta Popular, investimento que ainda não veio. Para tentar agilizar o processo, uma comitiva do município se reuniu, na terça-feira, com o secretário de Segurança do Estado, Airton Michels. Conforme o presidente da Câmara, Silvio Luiz Soares, a Pasta mostrou interesse em resolver o problema. "Marcamos novo encontro para o dia 28, quando o secretário deve nos dar uma resposta definitiva". afirmou. Segundo ele, Michels informou que alguns repasses da Consulta estão atrasados, mas que os Bombeiros de Portão não serão esquecidos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog