TRANS. DO PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO PECUARIA EM 19/11/2009

TRANS.  DO  PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO  PECUARIA EM  19/11/2009
ALDO VARGAS

TRADIÇÃO E CULTURA

teixeirinha

Loading...

gildo

Loading...

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA AMADA.

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA  AMADA.

Pesquisar este blog

CAPITAL GAUCHA PORTO ALEGRE

CAPITAL GAUCHA  PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

TROPEIRO VELHO

  • TROPEIRO VELHO

TRADIÇÃO E CULTURA

A VOCE CARO VISITANTE E UM PRAZER TER AQUI VISITANDO ESTE BLOG DESTE GAÚCHO, QUE NÃO TEM LADO PARA CHEGAR, GOSTO DE UMA AMIZADE E UM BOA CHARLA, TRATO TODOS COM RESPEITO PARA SER RESPEITADO MAS SE FOR PRECISO QUEBRO O CHAPEU NA TESTA PRA DEFENDER UM AMIGO AGARRO UM TIGRE A UNHA. AGRADEÇO A TODOS QUE DEIXAM SEU RECADO, POSTADO NESTE BLOG.

GALPÃO GAUCHO

GALPÃO  GAUCHO

A BANDEIRA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, TE AMO MEU RIO GRANDE

A  BANDEIRA  DO  ESTADO  DO  RIO GRANDE  DO  SUL,  TE  AMO  MEU  RIO  GRANDE

quinta-feira, 3 de maio de 2012

BM TIRA POLICIAIS DO INTERIOR PARA REFORÇAR REGÃO METROPOLITANA


BM tira policiais do Interior para reforçar Região Metropolitana

Emergência 1
Luz vermelha no Piratini.
Antes que o recorde histórico seja superado, ogoverno prepara uma ofensiva para estancar o crescimento do número de homicídios no Rio Grande do Sul. A primeira e mais visível das medidas é a criação de uma força-tarefa com 200 policiais militares trazidos do Interior. Eles atuarão em quatro municípios que concentram a maior parte do aumento das ocorrências: Alvorada, Viamão, Gravataí e Cachoeirinha.
Na etapa inicial, as operações deverão se estender por dois meses. Baseado em informações da inteligência oficial, o trabalho será focado nas regiões, dias e horários mais violentos.
Depois, outras ações de médio e longo prazos serão implementadas.

Emergência 2
Março de 2012 teve 26 homicídios a mais no Rio Grande do Sul do que no mesmo período de 2011. A Secretaria de Segurança do Estado afirma que o fenômeno é nacional e que teria como uma das causas a flexibilização do Código de Processo Penal. As mudanças na legislação tornaram mais difíceis as prisões em flagrante.
O novo batalhão gaúcho deve estar nas ruas daqui a 10 dias. Será vinculado ao comandante de Policiamento Metropolitano, coronel Silanus Mello. Procurado pelo Informe Especial, o secretário adjunto da Segurança, Juarez Pinheiro, projetou: “Essa ação já terá reflexos positivos a partir do mês de maio”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog