TRANS. DO PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO PECUARIA EM 19/11/2009

TRANS.  DO  PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO  PECUARIA EM  19/11/2009
ALDO VARGAS

TRADIÇÃO E CULTURA

teixeirinha

Loading...

gildo

Loading...

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA AMADA.

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA  AMADA.

Pesquisar este blog

CAPITAL GAUCHA PORTO ALEGRE

CAPITAL GAUCHA  PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

TROPEIRO VELHO

  • TROPEIRO VELHO

TRADIÇÃO E CULTURA

A VOCE CARO VISITANTE E UM PRAZER TER AQUI VISITANDO ESTE BLOG DESTE GAÚCHO, QUE NÃO TEM LADO PARA CHEGAR, GOSTO DE UMA AMIZADE E UM BOA CHARLA, TRATO TODOS COM RESPEITO PARA SER RESPEITADO MAS SE FOR PRECISO QUEBRO O CHAPEU NA TESTA PRA DEFENDER UM AMIGO AGARRO UM TIGRE A UNHA. AGRADEÇO A TODOS QUE DEIXAM SEU RECADO, POSTADO NESTE BLOG.

GALPÃO GAUCHO

GALPÃO  GAUCHO

A BANDEIRA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, TE AMO MEU RIO GRANDE

A  BANDEIRA  DO  ESTADO  DO  RIO GRANDE  DO  SUL,  TE  AMO  MEU  RIO  GRANDE

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

ESTADO DO RS ABRIRÁ CONCURSO PARA MIL VAGAS PARA POLICIAL MILTAR E BOMBEIROS.

Estado abrirá concurso para 2 mil PMs


Candidatos poderão escolher entre vagas no policiamento ostensivo ou nos bombeiros
O combate à criminalidade no Rio Grande do Sul deve ganhar um reforço. O governo do Estado promete lançar, até o final deste mês, concurso para a contratação de 2 mil soldados para a Brigada Militar (BM). A expectativa é de que os novos PMs estejam nas ruas até o início de 2013. Também estão previstos editais para contratar 142 oficiais.

Serão 1,4 mil vagas para soldado de polícia ostensiva e 600 para soldado do Corpo de Bombeiros – ambos cargos de nível médio. Para oficiais, serão cem vagas para capitão – formação superior em ciências jurídicas – e 42 para capitão – oficial de saúde, com formação superior em Medicina, Odontologia, Veterinária, Farmácia ou Enfermagem. Os três concursos já têm os editais prontos e dependem apenas do parecer da Procuradoria-geral do Estado para a contratação da empresa que vai aplicar as provas.

O comandante-geral da BM, coronel Sérgio de Abreu, explica que uma das novidades do concurso para soldado será a chance de o candidato escolher, na hora da inscrição, entre a polícia ostensiva e o serviço de bombeiro. O coronel Sérgio estima que as provas das três seleções ocorram entre dezembro e fevereiro, com o curso de formação para soldados começando em março. Serão 10 meses de curso intensivo, com 1,6 mil horas de treinamento:

– Haverá um novo currículo, com novas metodologias, com grande destaque para as partes técnica e operacional. Os bombeiros, por exemplo, vão sair com elevado nível técnico de capacitação, com todas as novas dinâmicas de combate a incêndio.

O presidente da Associação Beneficente Antonio Mendes Filho (Abamf) – entidade que representa os servidores de nível médio da BM –, Leonel Lucas, comemorou o anúncio. Ele ressaltou a necessidade de os novos brigadianos saírem às ruas já com material de proteção individual garantido, como colete, arma e rádio.

– Estamos preocupados principalmente com nossos colegas que estão tirando serviço sozinhos no Interior, onde se passa 12 horas tirando serviço de dia e, à noite, a população fica desguarnecida – avalia Lucas.

Novas contratações não resolvem falta de efetivo

Coordenador-geral da Associação de Bombeiros do Estado do Rio Grande do Sul (Abergs), Ubirajara Pereira Ramos acredita que as novas contratações amenizarão a fala de efetivo:

– Mas não resolve. Temos um efetivo antigo, que está se aposentando. A defasagem chega a 42% no Corpo de Bombeiros .

A contratação é considerada o início de um projeto de recuperação do efetivo da corporação, que tem um déficit estimado em mais de 10 mil PMs. Hoje, contando com 22,6 mil servidores, a BM estima em 33 mil o número ideal para poder garantir um combate mais adequado à violência. Uma das metas é suprir as necessidades que a Copa de 2014 trará à segurança gaúcha.

PEDRO MOREIRA

Edital para temporários


O início da Operação Golfinho será em 17 de dezembro e, ao contrário do ano passado, deve-se seguir o cronograma de contratações. O edital para convocação de 600 civis temporários foi autorizado pelo governo e deve ser encaminhado à Casa Civil. De acordo com o major Luiz Eduardo Ribeiro Lopes, chefe da Divisão de Recrutamento, Seleção e Acompanhamento da BM, o edital deve ser publicado na semana que vem.

Além da alteração na idade limite para inscrição, que passou para 40 anos, outra flexibilização deve se tornar atrativo: tolerância às tatuagens. Alvo de polêmica no ano passado, quando temporários tatuados foram desclassificados, neste ano, o edital deve excluir apenas aqueles que tenham desenhos ofensivos à moral.

A ideia da Brigada Militar é iniciar os trabalhos com número superior ao do término da última operação.

– Os temporários começaram quase no final do último veraneio. O ideal seria que eles se somassem ao efetivo para não deixarmos guaritas desguarnecidas – destacou o tenente-coronel Rogério Alberche, comandante regional dos Bombeiros do Litoral Norte.

Segundo ele, dois terços das casas de salva-vidas funcionam apenas das 9h às 13h e das 15h às 19h, permanecendo vulneráveis no horário de almoço.


Operação Golfinho treina no Litoral


As areias do Litoral foram tomadas ontem por 412 militares distribuídos em Torres, Capão da Canoa, Tramandaí, Cidreira e Cassino para o treinamento da Operação Golfinho. Porto Alegre também sediou os treinos. Assim que chegaram aos batalhões, receberam kits com boias, cintos e protetor solar.

Dedicado, o soldado Charles Maldaner, 22 anos, integrava uma das três turmas de novatos. Apesar dos cerca de 1,5 mil metros de nado pelo Rio Tramandaí, Maldaner nem sentiu o cansaço. Tem uma ideia fixa:

– Quero salvar pessoas no mar. Deve ser muito boa essa sensação.

Ele integra o grupo de 200 militares que estão pela primeira vez no curso, o dobro em relação ao ano passado, conta o major Ricardo Gonzalez, coordenador dos cursos de salvamento aquático do Corpo de Bombeiros. Entre os ensinamentos estão conhecimentos sobre o mar e técnicas de salvamento e socorro de urgência.

Neste ano, os salva-vidas foram divididos em duas equipes. A primeira, que começou na segunda-feira, vai até o dia 20, e a segunda treinará de 21 de novembro até 12 de dezembro.

Conforme o tenente-coronel Rogério Alberche, comandante Regional dos Bombeiros do Litoral Norte, separar o efetivo é uma estratégia para dar mais segurança aos banhistas e de tirar aos poucos o policiamento das corporações nas quais estão lotados.

Nas ruas, monitoramento só vai operar em fevereiro

O aparato de segurança previsto para o Litoral Norte no veraneio só deve começar a funcionar no final de janeiro. Conforme o secretário-adjunto da Segurança Pública do Estado, Juarez Pinheiro, Balneário Pinhal será o primeiro dos quatro polos de monitoramento a operar. O restante deve ficar pronto em fevereiro. Serão 156 câmeras em estradas e nos balneários de Tavares a Torres, além de quatro equipamentos móveis. Segundo Mário Bravo, supervisor técnico da empresa Experti, que fará a instalação, das 32 torres de transmissão, 12 ainda não foram montadas.

Na maior parte dos quartéis do Litoral, o sistema de monitores já foi implantado, assim como as estruturas para a instalação de câmeras e antenas. Mas ainda falta a interligação entre sistemas e as câmeras. Quatro centrais, em Balneário Pinhal, Capão da Canoa, Osório e Tramandaí, controlarão as imagens.

Os veranistas também devem sentir mais segurança nas ruas. haverá barreiras com 60 bafômetros e, conforme o comandante regional do Policiamento do Litoral Norte, coronel Altemir Folgiarini Ferreira, o número de motos para atender as ocorrências deve dobrar, ficando em 40 unidades.

– Queremos fazer ao menos o primeiro atendimento de moto para não deixarmos a pessoa desamparada – destaca Ferreira.

KAMILA ALMEIDA | TRAMANDAÍ


Respeito pelo mar não é brincadeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog