TRANS. DO PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO PECUARIA EM 19/11/2009

TRANS.  DO  PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO  PECUARIA EM  19/11/2009
ALDO VARGAS

TRADIÇÃO E CULTURA

teixeirinha

Loading...

gildo

Loading...

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA AMADA.

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA  AMADA.

Pesquisar este blog

CAPITAL GAUCHA PORTO ALEGRE

CAPITAL GAUCHA  PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

TROPEIRO VELHO

  • TROPEIRO VELHO

TRADIÇÃO E CULTURA

A VOCE CARO VISITANTE E UM PRAZER TER AQUI VISITANDO ESTE BLOG DESTE GAÚCHO, QUE NÃO TEM LADO PARA CHEGAR, GOSTO DE UMA AMIZADE E UM BOA CHARLA, TRATO TODOS COM RESPEITO PARA SER RESPEITADO MAS SE FOR PRECISO QUEBRO O CHAPEU NA TESTA PRA DEFENDER UM AMIGO AGARRO UM TIGRE A UNHA. AGRADEÇO A TODOS QUE DEIXAM SEU RECADO, POSTADO NESTE BLOG.

GALPÃO GAUCHO

GALPÃO  GAUCHO

A BANDEIRA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, TE AMO MEU RIO GRANDE

A  BANDEIRA  DO  ESTADO  DO  RIO GRANDE  DO  SUL,  TE  AMO  MEU  RIO  GRANDE

terça-feira, 1 de novembro de 2011

CONFLITO ENTRE POLICIAIS NA USP MOSTRA BEM A CARA DA HIPOCRISIA BRASILEIRA.

Conflito entre universitários e policiais na USP mostra bem a ‘cara’ da hipocrisia brasileira
Para muitos, ser policial não é ser trabalhador. Mas na hora que “o bicho pega”, os conceitos mudam que é uma beleza...


Estudantes da USP, uma das maiores universidades do Brasil, estão dando uma contribuição enorme para a comprovação de uma conhecida frase: “Polícia longe faz falta; perto, incomoda”.

O país inteiro acompanha, pela imprensa, a baderna que muitos alunos estão fazendo naquela universidade, tudo porque a Polícia Militar aplicou a lei, ao prender alguns deles fumando maconha dentro da unidade acadêmica.

A ‘turma da fumaça’ reagiu e quer inclusive cancelar o convênio firmado entre USP e a PM, que possibilitou a polícia ficar mais presente na universidade, principalmente depois que um aluno foi assassinado em Maio deste ano, dentro do Campus.

A PM atendeu ao pedido de estar mais perto, mas não sabia que era para fazer vistas grossas a estudantes que fumassem maconha ou traficassem a droga dentro do estabelecimento. Alguém se lembra do filme Tropa de Elite?... Pois é.

Agora, os fumaceiros estão acampados na universidade e dizem que só saem quando o convênio com a PM for desfeito (assim, eles podem fumar maconha à vontade, não é mesmo?).

Longe ou perto?

O cartaz na foto deixa bem claro qual é a visão que grande parte da classe média brasileira acha da polícia. “Os policiais não são trabalhadores. São o braço armado dos exploradores.”

Concordamos em parte. Mas nenhum “cidadão de bem” quer perder um relógio ou um celular para um adolescente vítima do regime de exploração capitalista. E na hora de um assalto, qualquer um – independente de classe social – não clama por um filósofo ou sociólogo. Chama é a polícia.

Está mudando...

Em um telejornal brasileiro, ficamos surpreendidos com a defesa que a jornalista apresentadora fez da Polícia Militar. “A lei é para todos, e a Polícia Militar estava apenas cumprindo o seu dever!”, disparou a jornalista.

Até o governador Geraldo Alckmin esqueceu aquela história de que defender estudantes a todo custo é melhor do que ser justo com policiais. "Ninguém tolera nenhum excesso. Agora, não tem nenhum estudante ferido e nós tivemos policial ferido e várias viaturas danificadas. A lei é para todos, ninguém está acima da lei", afirmou.

ParaibaemQAP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog