TRANS. DO PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO PECUARIA EM 19/11/2009

TRANS.  DO  PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO  PECUARIA EM  19/11/2009
ALDO VARGAS

TRADIÇÃO E CULTURA

teixeirinha

Loading...

gildo

Loading...

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA AMADA.

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA  AMADA.

Pesquisar este blog

CAPITAL GAUCHA PORTO ALEGRE

CAPITAL GAUCHA  PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

TROPEIRO VELHO

  • TROPEIRO VELHO

TRADIÇÃO E CULTURA

A VOCE CARO VISITANTE E UM PRAZER TER AQUI VISITANDO ESTE BLOG DESTE GAÚCHO, QUE NÃO TEM LADO PARA CHEGAR, GOSTO DE UMA AMIZADE E UM BOA CHARLA, TRATO TODOS COM RESPEITO PARA SER RESPEITADO MAS SE FOR PRECISO QUEBRO O CHAPEU NA TESTA PRA DEFENDER UM AMIGO AGARRO UM TIGRE A UNHA. AGRADEÇO A TODOS QUE DEIXAM SEU RECADO, POSTADO NESTE BLOG.

GALPÃO GAUCHO

GALPÃO  GAUCHO

A BANDEIRA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, TE AMO MEU RIO GRANDE

A  BANDEIRA  DO  ESTADO  DO  RIO GRANDE  DO  SUL,  TE  AMO  MEU  RIO  GRANDE

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

REAJUSTE DIFERNCIADO PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE SOLDADOS REBATE TESE DE RACHA NA POLICIA MILITAR GAÚCHA. BM

Reajuste diferenciado: presidente da Associação de Soldados rebate tese de racha na BM
Postado por abamfbm on setembro 23, 2011 in Geral, Todas notícias | 0 Comentario
Leonel Lucas negou ter traído acordo com Associação dos Sargentos em defesa de um aumento linear

O presidente da Associação dos Cabos e Soldados da Brigada Militar, Leonel Lucas, negou, hoje, que o fato de a categoria ter aceito a proposta de reajuste oferecida pelo governo gaúcho represente um racha na Brigada Militar. Para ele, não faltou coerência, como alegou pela manhã o presidente da Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da BM, Aparício Santellano. Lucas explicou que só levou ao Piratini o resultado das assembleias das 13 regionais da entidade. A proposta concede reajustes diferenciados, variando de 10,5% (sargentos) a 23,5% (soldados).

Para Santellano, Lucas traiu um suposto acordo entre as categorias para lutarem unidas por um reajuste linear. Leonel Lucas rebate evitando falar em percentuais e dizendo que, desde o início das negociações, as categorias sempre lutaram juntas para que os salários dos policiais no Rio Grande do Sul cheguem aos R$ 3,2 mil em início de carreira, como prevê a PEC 300, equiparando os vencimentos básicos com os do Distrito Federal. Lucas ressaltou que a negociação continua, já que o governo ainda promete chegar ao fim do mandato de Tarso Genro cumprindo o piso.

O Piratini protocolou hoje, em caráter de urgência, na Assembleia Legislativa, o projeto de lei que trata do reajuste da BM. Nessa quinta, representantes da Abamf comunicaram à Casa Civil do governo estadual, que a maioria das 13 regionais da entidade aceitou a proposta. Já a Asstbm oficializou ter rejeitado. Santellano afirmou que a categoria prefere ficar sem aumento a receber qualquer índice inferior ao apresentado aos soldados, que terão aumento de 23,5%. Já para os sargentos, o reajuste previsto é de 18,5%. Para os tenentes, a reposição é de 10,5%.

Veja como fica a remuneração inicial com o reajuste aprovado:


Remuneração Inicial / Remuneração Inicial já com o reajuste (R$)

Soldado 1.246,91 / 1.539,93
Cabo 1.363,19 / 1.656,20
3º Sargento 1.614,77 / 1.907,78
2º Sargento 1.827,48 / 2.120,49
1º Sargento 2.041,45 / 2.334,46
Aspirante 2.255,48 / 2.548,50
Sub-tenente 2.255,48 / 2.548,50
2º tenente 2.576,23 / 2.869,24
1º tenente 2.791,29 / 3.084,30

Ouça o áudio: Presidente do Sindicato dos Cabos e Soldados da Brigada Militar, Leonel Lucas disse que levou ao Piratini aceite da categoria
Ouça o áudio: Para Leonel Lucas situação não provoca racha na BM

Fonte: Tatiane de Sousa / Rádio Guaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog