TRANS. DO PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO PECUARIA EM 19/11/2009

TRANS.  DO  PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO  PECUARIA EM  19/11/2009
ALDO VARGAS

TRADIÇÃO E CULTURA

teixeirinha

Loading...

gildo

Loading...

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA AMADA.

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA  AMADA.

Pesquisar este blog

CAPITAL GAUCHA PORTO ALEGRE

CAPITAL GAUCHA  PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

TROPEIRO VELHO

  • TROPEIRO VELHO

TRADIÇÃO E CULTURA

A VOCE CARO VISITANTE E UM PRAZER TER AQUI VISITANDO ESTE BLOG DESTE GAÚCHO, QUE NÃO TEM LADO PARA CHEGAR, GOSTO DE UMA AMIZADE E UM BOA CHARLA, TRATO TODOS COM RESPEITO PARA SER RESPEITADO MAS SE FOR PRECISO QUEBRO O CHAPEU NA TESTA PRA DEFENDER UM AMIGO AGARRO UM TIGRE A UNHA. AGRADEÇO A TODOS QUE DEIXAM SEU RECADO, POSTADO NESTE BLOG.

GALPÃO GAUCHO

GALPÃO  GAUCHO

A BANDEIRA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, TE AMO MEU RIO GRANDE

A  BANDEIRA  DO  ESTADO  DO  RIO GRANDE  DO  SUL,  TE  AMO  MEU  RIO  GRANDE

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

AO ADIAR PROPOSTA, GOVERNO ESTUDA EQUIPARAR VENCIMENTO DE SOLDADO AO DE INSPETOR DA POLICIA CIVIL.

Ao adiar proposta, governo estuda equiparar vencimento de soldado ao de inspetor da Polícia Civil
Postado por abamfbm on setembro 9, 2011 in Seg. Pública, Todas notícias | 69 Comentarios
Piratini tenta aproximar salários da Segurança

Ao adiar proposta, governo estuda equiparar vencimento de soldado ao de inspetor da Polícia Civil

Em meio a novos protestos com queima de pneus, o governo adiou a apresentação de uma proposta de reajuste salarial à Brigada Militar. A reunião com os servidores de nível médio da BM, prevista inicialmente para hoje, foi remarcada para segunda-feira, às 17h15min.

Ocomando da BM e os secretários da Casa Civil, da Segurança, da Fazenda e da Administração deverão ter sucessivos encontros hoje para melhorar a proposta. O objetivo do governo, segundo a Casa Civil, é reforçar o salário dos soldados para aproximar os vencimentos da menor patente da BM ao de inspetores e escrivães de 1ª classe da Polícia Civil. A diferença é de cerca de R$ 1 mil.

Uma das possibilidades seria garantir que, até 2014, o salário dos soldados saltasse dos R$ 1.170 atuais para aproximadamente R$ 2 mil. O chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, ressalta, no entanto, a dificuldade de fixar valores até 2014 devido a incertezas com o comportamento da economia diante da crise mundial.

Os praças da BM reivindicam 25% de reajuste linear e a injeção de R$ 400 milhões anuais até 2014 na matriz salarial – lei que escalona reajustes na Segurança Pública. Se o governo atendesse à reivindicação completa, o salário de um soldado em 2014 chegaria a R$ 3,2 mil.

O governo afirma que ainda não encontrou a melhor oferta aos PMs e por isso adiou a reunião. Fontes do Executivo observam que o Palácio Piratini quer ter o cuidado de partir de uma proposta que não incite a revolta dos praças, injetando ânimo nas manifestações das últimas semanas. Apesar dos novos protestos, a avaliação do governo é de que o movimento perdeu força com a identificação dos responsáveis.

Integrantes da BM reconhecem que o pleito de R$ 3,2 mil é inviável e acreditam que seria possível negociar até o limite de R$ 2,5 mil a R$ 2,6 mil no salário do soldado em 2014.

Oficiais da BM também pressionam por aumento

O clima de insatisfação na BM também abrange as mais altas patentes. Ontem, o governador Tarso Genro recebeu integrantes da Associação dos Oficiais da BM, que também aguardam a apresentação na semana que vem de uma proposta que recomponha o salário de todos os níveis na BM.

– Esperamos que seja uma proposta decorosa – declarou o presidente da associação, tenente-coronel da reserva José Riccardi Guimarães, presidente da Associação.

Guimarães chama de “decorosa” um aumento que, pelo menos, iguale os vencimentos de um capitão da BM a um delegado de polícia de 1ª classe, cuja diferença chega a R$ 2 mil, calcula o oficial.

vivian.eichler@zerohora.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog