TRANS. DO PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO PECUARIA EM 19/11/2009

TRANS.  DO  PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO  PECUARIA EM  19/11/2009
ALDO VARGAS

TRADIÇÃO E CULTURA

teixeirinha

Loading...

gildo

Loading...

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA AMADA.

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA  AMADA.

Pesquisar este blog

CAPITAL GAUCHA PORTO ALEGRE

CAPITAL GAUCHA  PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

TROPEIRO VELHO

  • TROPEIRO VELHO

TRADIÇÃO E CULTURA

A VOCE CARO VISITANTE E UM PRAZER TER AQUI VISITANDO ESTE BLOG DESTE GAÚCHO, QUE NÃO TEM LADO PARA CHEGAR, GOSTO DE UMA AMIZADE E UM BOA CHARLA, TRATO TODOS COM RESPEITO PARA SER RESPEITADO MAS SE FOR PRECISO QUEBRO O CHAPEU NA TESTA PRA DEFENDER UM AMIGO AGARRO UM TIGRE A UNHA. AGRADEÇO A TODOS QUE DEIXAM SEU RECADO, POSTADO NESTE BLOG.

GALPÃO GAUCHO

GALPÃO  GAUCHO

A BANDEIRA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, TE AMO MEU RIO GRANDE

A  BANDEIRA  DO  ESTADO  DO  RIO GRANDE  DO  SUL,  TE  AMO  MEU  RIO  GRANDE

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

HOSPITAL DA POLICIA MILITAR DO RS REALIZA CIRURGIA DE CATARATA.

HBM realiza cirurgia de catarata
Postado por abamfimprensa on agosto 15, 2011 in Geral, Todas notícias | 0 Comentario
Foram realizadas, dia 6 de julho de 2011, as primeiras cirurgias de catarata no HBM. O serviço, resultado do investimento em equipamentos modernos, está disponível a todos aqueles credenciados no Ipê-Saúde. A moléstia afeta, principalmente, idosos, com incidência de 50% nos pacientes acima dos 65 anos.

O setor de oftalmologia do HBM realiza, em média, 250 atendimentos ambulatoriais mensais, mas, de acordo com a chefe do ambulatório e serviço de oftalmologia, capitã médica, Andressa Stloz, a capacidade é de até 500 atendimentos. As consultas são agendadas a partir do dia 20 do mês corrente, sempre para o mês seguinte.

A catarata causa a diminuição da visão e a opacificação do cristalino. A técnica usada no hospital para solucionar a enfermidade é a facoemulsificação, Conforme Stolz, atualmente, a mais avança na remoção da catarata. “A recuperação do paciente é rápida, de 24 a 48 horas, sendo feita com aplicação de anestesia local”, afirmou.

A médica destaca que poucos locais realizam esse tipo de procedimento via convênio, que no HBM tem cobertura praticamente total. Somente o anestesista tem custo, mas há ressarcimento posterior do Ipê.

São sete oftalmologista atendendo no Hospital da Brigada Militar, das 7h às 19h. Além da catarata, há procedimentos para glaucoma e superfície ocular. Stolz revela que, futuramente, serão realizados, também, transplantes de conjuntivas. A moléstia mais atendida pelos oficias médicos, no ambulatório, é a ametropia – para conhecer o grau do óculos para correção da visão. A capitã salientou que o problema atinge todas as faixas etárias.

Por: Paulo Rogério N. da Silva – MTb 7355/RS

Jornalista ABAMF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog