TRANS. DO PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO PECUARIA EM 19/11/2009

TRANS.  DO  PROGRAMA ENTARDECER NA FRONTEIRA DIRETO  PECUARIA EM  19/11/2009
ALDO VARGAS

TRADIÇÃO E CULTURA

teixeirinha

Loading...

gildo

Loading...

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA AMADA.

SANTANA LIVRAMENTO MINHA TERRA  AMADA.

Pesquisar este blog

CAPITAL GAUCHA PORTO ALEGRE

CAPITAL GAUCHA  PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

ESTADIO BEIRA RIO PORTO ALEGRE

TROPEIRO VELHO

  • TROPEIRO VELHO

TRADIÇÃO E CULTURA

A VOCE CARO VISITANTE E UM PRAZER TER AQUI VISITANDO ESTE BLOG DESTE GAÚCHO, QUE NÃO TEM LADO PARA CHEGAR, GOSTO DE UMA AMIZADE E UM BOA CHARLA, TRATO TODOS COM RESPEITO PARA SER RESPEITADO MAS SE FOR PRECISO QUEBRO O CHAPEU NA TESTA PRA DEFENDER UM AMIGO AGARRO UM TIGRE A UNHA. AGRADEÇO A TODOS QUE DEIXAM SEU RECADO, POSTADO NESTE BLOG.

GALPÃO GAUCHO

GALPÃO  GAUCHO

A BANDEIRA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, TE AMO MEU RIO GRANDE

A  BANDEIRA  DO  ESTADO  DO  RIO GRANDE  DO  SUL,  TE  AMO  MEU  RIO  GRANDE

sexta-feira, 8 de julho de 2011

TARSO SUGERE TETO DE ATÉ 22 MIL.

Tarso sugere teto de até R$ 22 mil
Postado por abamfbm on julho 8, 2011 in Geral, Todas notícias | 0 Comentario
Medida será implementada no segundo semestre e vale para o Executivo





Convicto da necessidade de criar um novo teto estadual ao serviço público, o governador Tarso Genro sugeriu ontem, após comandar reunião do pleno do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, que o limitador salarial será vinculado ao seus vencimentos, com possível oscilação entre R$ 21 mil e R$ 22 mil.
Ele disse que o expediente não deverá ser utilizado para aumentar seu próprio salário, hoje de R$ 17 mil, valor cotado até então para ser fixado como limite máximo. O teto um pouco mais elevado, conforme o governador, é importante para garantir a permanência de quadros qualificados no Executivo, como os diretores da Agência de Desenvolvimento e Produção do Investimento, que foram buscados junto à iniciativa privada e têm remunerações entre R$ 23 mil e R$ 24 mil. “A ideia é propor teto ao governador de R$ 21 mil ou R$ 22 mil. Mas vamos dar o direito ao governador de não usar esse teto”, disse, sinalizando que ele deverá seguir ganhando R$ 17 mil.

Carta de concertação

Na reunião de ontem do Conselhão, o governador Tarso Genro recebeu a Carta de Concertação. O documento elaborado sugere diretrizes políticas que devem ser aplicadas para desenvolver o Estado. Os principais itens são:
Revisão do Fundopem.
Teto salarial aos servidores públicos e redução das diferenças salariais.
Implantação do piso nacional dos professores e fortalecimento da Uergs.
Na saúde, recuperação paulatina da aplicação do mínimo constitucional orçamentário de 12%.
Recuperar efetivo de servidores da segurança pública, reestruturar o sistema prisional, enfrentar a violência, o crime organizado e o tráfico de drogas.
Acesso asfáltico nos municípios, recuperação da malha viária, apoio às ferrovias e hidrovias e revisão dos pedágios.
Estimular a permanência de jovens no campo com políticas integradas.

Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog